Conheça o Buxinho! Uma das plantas ornamentais mais versáteis do paisagismo!

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Você já deve ter se deparado com a bela e esverdeada Buxinho em algum jardim, não é mesmo?

Pois é, essa é uma plantinha muito utilizada no paisagismo, pois sua folhagem densa permite que sejam podadas em diversos formatos. Inclusive, estas são plantas frequentemente encontradas em cercas vivas! 

Mas, de onde o Buxinho é nativo?

Saber a origem da planta é fundamental para entender as necessidades básicas para o seu crescimento e no caso da Buxinho isso é particularmente importante, pois esta é nativa de países com clima bem distinto do nosso.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Basicamente, ela tem origem na Europa e na Ásia Menor.

Portanto, alguns cuidados devem ser tomados no seu cultivo, já que aqui no Brasil temos diversas regiões com climas distintos. Veja as dicas a seguir!

Aprenda a cuidar do Buxinho com essas dicas bem simples

Primeiramente, é preciso escolher o local com condições de luminosidade ideal para a Buxus sempervirens, nome científico do Buxinho. Entendeu de onde veio o nome popular dela né?

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Então, para garantir que sua plantinha cresça e se desenvolva bem, escolha um local com bastante luz solar na sua casa! Luz plena mesmo! Pois, esta é uma planta que gosta de sol!

Caso você não forneça essas condições, a folha dela ficará amarelada e começará a cair.

Se atente ao solo e a rega

Já quanto ao solo, este deve ser bem drenável, logo, você pode misturar areia ao solo e adicionar pedras britas e argila expandida no fundo do vaso para facilitar o escoamento da água.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Sendo assim, você já percebeu que ela não gosta de solo encharcado, correto?!

Logo, as regas devem ser espaçadas e ocorrer principalmente nos dias mais quentes e com o substrato sequinho!

Além disso, no frio, regue-a com menor quantidade de água, já que nesse período o solo demora mais a secar, e isso pode levar à proliferação de fungos no Buxinho.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Alimente a sua planta com os adubos corretos

Como esta se trata de uma planta que possui folhagem densa, é preciso garantir que a quantidade de nitrogênio seja suficiente para manter a saúde das folhas existentes e o surgimento de novas folhas.

Sendo assim, uma forma segura de adubá-la é através da adição de NPK 10-10-10 trimestralmente, ou então, de adubos orgânicos, como a farinha de ossos, por exemplo.

Poda versátil e fácil

Um outro ponto interessante é que este é um arbusto versátil, pois possui folhas densas, mas galhos bem maleáveis, o que ajuda em muito o momento da poda.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Por essa razão, esta é uma planta muito utilizada no paisagismo de jardins.

Crescimento lento

Apesar de ser uma planta que pode chegar a até 1,8 metros de altura, a Buxinho possui crescimento lento, mas constante.

Então, siga as dicas de cultivo deste artigo e tenha paciência! A sua plantinha crescerá progressivamente  a cada ano.

Por falar nisso, ela possui uma longevidade impressionante, podendo chegar a até 15 anos de vida!

Conheça a mente criativa por trás do Blog Manual de Orquídea: Rafaela Lucena. Além de sua dedicação como editora, Rafaela é uma talentosa jardineira, habilidosa decoradora e uma redatora apaixonada por explorar os vastos horizontes dos blogs. Sua paixão e expertise se refletem em cada artigo e projeto que compartilha. Para contatá-la, envie um email para: rafaeladelucena@gmail.com.