Cacto-Estrela: 7 Dicas Simples de Cultivo desta Linda Suculenta

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

O cacto-estrela é uma plantinha exuberante e exótica! É daquelas que não consegue passar despercebida onde quer que esteja!

Isso porque a sua bela flor com colorações em tons amarelos, marrons e vinhos se destacam em meio à sua bela folhagem.

E uma curiosidade acerca dessa linda planta é que apesar de ser chamada de cacto, na verdade ela se trata de uma suculenta!

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Então, se você, assim como eu, ama suculentas… Pois, afinal de contas são super lindinhas e de fácil manutenção…

Não tem jeito! Vai amar essa lindeza também!

Vem comigo agora aprender como cuidar do cacto-estrela e deixá-lo lindão enfeitando o seu jardim!

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Como Cultivar o Cacto-Estrela

Antes de mais nada, como você acabou de saber, o cacto-estrela se trata de uma suculenta, ou seja, é uma planta que tem a capacidade de reter água em seu organismo.

Sendo assim, um ponto importante comum a todas as suculentas é o seguinte:

Estas são plantas que não lidam bem com o excesso de água, ou seja, o solo deve ser bem drenado e o ideal é que você faça as seguintes camadas:

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Pedras britas ou argila expandida no fundo do vaso > uma camada de TNT > substrato para suculentas por cima.

Fonte: Reprodução/Pinterest

Luminosidade

O cacto-estrela precisa receber ao menos 4 horas diárias de luz solar para que suas folhas se desenvolvam bem! Isso também ajuda na floração!

Fonte: Reprodução/Pinterest

Rega

Regue-as apenas quando necessário, ou seja, quando o substrato estiver seco.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Temperatura

Esta se trata de uma planta nativa da África do Sul. Sendo assim, ela se desenvolve bem em ambientes tropicais. Pelo menos acima de 10°C.

Fonte: Reprodução/Pinterest

Adubação

Para que a sua plantinha tenha um bom crescimento é preciso fornecer a ela uma adubação rica em fósforo.

Então, utilize o NPK 04-14-08 para adubação mensal da sua suculenta.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
Fonte: Reprodução/Pinterest

Floração

A floração desta suculenta ocorre no verão e dura cerca de 2 a 3 dias.

Suas flores possuem um odor forte de carne em decomposição… o cheiro não é dos melhores!

Porém, isso tudo é afim de atrair insetos para polinização, mas não é tóxica para seres humanos e nem para os pets!

Fonte: Reprodução/Pinterest

Mudas

Para propagar a sua plantinha corte o seu caule com um estilete e deixe essa estaca secar por 2 dias.

Então, quando estiver bem sequinha, enterre a estaca em substrato úmido e mantenha úmido até que os primeiros botões surjam.

Leia Mais: Lírio da Paz: 4 Dicas de Cultivo Simples para Manter sua Planta Bonita Dentro de Casa

Rafaela Lucena é Editora do Blog Manual de Orquídea, jardineira, decoradora e redatora apaixonada por Blogs! Email: rafaeladelucena@gmail.com