Como Plantar Pitaya: 5 dicas de cultivo e benefícios para a saúde

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
Foto: Canva

Se você deseja aprender como plantar pitaya, então você está no lugar certo!

A pitaya ou pitaia é uma plantinha que tem despertado cada vez mais o interesse de todos nós brasileiros.

Isso porque essa fruta, além das vantagens à saúde, apresenta um aspecto suculento e sabor doce.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Além disso, a pitaya chama a atenção por possuir uma coloração muito intensa, podendo ser de três tipos:

  • rosa por fora e branca por dentro (pitaia branca);
  • amarela por fora e branca por dentro (pitaia amarela);
  • vermelha por fora e por dentro (pitaia vermelha).

Embora esteja se tornando “queridinha” aqui n Brasil, ela é originária da América Central e América do Norte, muito presente no México.

Com tanta coisa legal para aprender sobre essa fruta, nós aqui do Manual de Orquídea preparamos este post com os principais benefícios dessa fruta e 4 dicas de cultivo.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Curiosidades e Benefícios da Pitaya

Como já adiantei, a fruta pitaya tem sido procurada pelos brasileiros por seus benefícios e curiosidades.

Então, embora seja nativa do México, ela tem sido bastante cultivada recentemente, nos seguintes países:

  • Brasil;
  • Israel;
  • China.

Além disso, a pitaia ou pitaya é um cacto e pertence ao gênero de plantas conhecido como Hylocereus e seu nome científico é Hylocereus undatus.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Ainda, outra curiosidade interessante é que seu nome (pitaia) significa “fruta escamosa” e popularmente ela é chamada de fruta-dragão.

No entanto, não é só devido a coloração e aspecto interessante que essa fruta tem ganhado o coração dos brasileiros.

Mas também pelo fato de apresentar diversas propriedades importantes que oferecem benefícios a nossa saúde.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Dessa forma, é importante destacar que a pitaya apresenta esses importantes nutrientes:

  • Vitamina C;
  • Vitamina B1;
  • Vitamina B2;
  • Vitamina B3;
  • Cálcio;
  • Ferro;
  • Fósforo;

Dessa forma, a pitaia pode ser útil para prevenir:

  • Doenças cardiovasculares;
  • Diabetes;
  • Pressão arterial elevada.

Veja agora como plantar pitaya passo a passo

Foto: Canva

É possível plantar pitaya diretamente no chão, como também em um vaso.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Porém, o que você precisa ter em mente é que existem duas maneiras de plantar essa fruta:

  • Por estacas ou estaquia;
  • Por sementes.

Aqui vou te mostrar rapidamente como você deve fazer isso utilizando a propagação de mudas por estacas.

Ou seja, que é quando você pega um pedacinho da planta adulta e insere no solo.

Desse modo, seja no chão diretamente ou no vaso você precisará dos seguintes materiais:

  • Vaso grande com furos na base;
  • Haste de madeira;
  • Fio ou barbante específico para prender plantas;
  • Substrato arenoso específico para cactos e suculentas;
  • Argila expandida para drenagem.

Após separar os materiais você precisará distribuir os substratos, começando com a argila expandida pelo fundo e depois pela mistura pronta que você pode obter em casas de jardinagem.

Essa mistura pronta precisa conter turfa, bagaço de cana, casca de pinus e matéria orgânica.

Após a aplicação do substrato, você deve fincar a haste de mandeira que vai servir para conferir sustentação para a pitaya.

Depois enterre a pitaya cerca de 5 cm no solo, com lado das raízes para o solo, obviamente.

E em seguida, amarre a planta na haste de madeira. Pronto! Você acabou de plantar pitaya do jeito certo!

Veja agora como cuidar da sua fruta pitaya corretamente: 5 dicas simples 

Foto: Canva

Agora vamos para as 4 dicas de cultivo simples que você precisa saber para que sua pitaya cresça saudável!

Substratos

Os substratos para a pitaya deve ser uma composição pronta arenosa que você pode conseguir em qualquer loja de jardinagem.

Como disse antes, esse material geralmente apresenta:

  • casca de pinus;
  • turfa;
  • bagaço de cana;
  • composto orgânico.

Além disso, recomendo que você utilize um elemento que ajude a drenar a água.

Isso porque a pitaya por ser um cacto não gosta de excesso de água.

Adubos

Nesta etapa você pode decidir por uma adubação orgânica ou inorgânica.

Desse jeito, é recomendável escolher adubos específicos para cactos em uma loja de jardinagem.

Porém, de todo modo, o composto orgânico presente na mistura de substratos deve surtir efeito na sua planta por algum tempo.

Temperatura

Por ser, um cacto, a pitaia vai ser adaptada a temperaturas mais altas.

Por isso que ela conseguiu se estabelecer bem aqui no Brasil.

Desse jeito, embora resista a temperaturas mais altas, uma condição ideal é garantir uma média entre 16 e 26 ºC.

Luminosidade

Além de resistente a temperaturas elevadas, ela também gosta de sol, ou seja, forneça muita luz para ela.

Dessa forma, essa planta deve ser plantada no quintal ou em qualquer ambiente externo com muita luz direta.

Rega

Quanto a rega, você deve molhar sempre que o substrato estiver totalmente seco.

Isso porque ela é resistente a climas mais áridos de solos secos.

Portanto, essa planta não vai suportar solos alagados, por isso, você vai precisar garantir uma boa drenagem.

Conclusão

Você acabou de aprender como plantar pitaya com 4 dicas simples de cultivo.

Além disso, você descobriu as propriedades dessa fruta que trazem benefícios a nossa saúde.

Com isso, espero que você tenha gostado do conteúdo. Se sim, peço que o compartilhe com seus amigos e amigas.

Aqui, como de costume, deixo os posts recentes que podem te interessar.

Leandro Sinis é um biólogo dedicado formado pela prestigiada UFRJ. Com uma sólida formação em Biologia pela renomada UFRJ e paixão pela divulgação científica, Leandro traz consigo um profundo conhecimento e entusiasmo para o universo das orquídeas e demais plantas. Sua experiência e comprometimento garantem que cada conteúdo seja tanto informativo quanto inspirador. Para se conectar com Leandro, envie um email para: leandrocarsi89@gmail.com.