Dendrobium Kingianum – Dicas de Cultivo e Floração (Guia Completo)

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

A Dendrobium kingianum é uma espécie de orquídea do gênero Dendrobium, trata-se de uma planta de fácil cultivo e floração.

Algumas curiosidades cercam essa espécie de orquídea, como:

  • é nativa da Austrália,
  • é encontrada facilmente na natureza, principalmente sobre pedras, ou seja, são em sua maioria rupícolas,
  • gostam de regiões com alta atitude, aproximadamente 900 a 1100 metros do nível do mar.
  • seu nome é uma homenagem ao terceiro governador de New South Wales, Philip Gidley King.

Cuidados simples no cultivo farão toda a diferença no desenvolvimento da Dendrobium kingianum, fique comigo até o fim deste artigo para aprender tudo o que você precisa para ter sua orquídea com flores lindas e saudáveis.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Dendrobium kingianum – Principais características

Uma das características mais marcantes da Dendrobium kingianum está nas cores da suas flores, onde o rosa é a cor predominante na maioria das flores.

Porém, mesmo sendo raro, suas flores podem ser encontradas em outras cores como: vermelhas (muito raras), azuis, roxos e branca.

Devido à predominância da cor rosa e por estarem presentes na natureza em cima de rochas, na maioria das vezes, ela também é denominada “orquídea roda das rochas”.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Sua floração pode durar cerca de 20 à 25 dias e o que impressiona é a quantidade de flores em torno de 2 a 15 por haste floral.

Dendrobium kingianum cultivo

Um ponto positivo de cultivo dessa espécie de orquídea é que necessitam de pouco espaço para cultivo, pois possuem baixo crescimento, atingem no máximo 30 cm.

O cultivo da Dendrobium kingianum é considerado fácil, tendo que atentar para alguns pontos que influenciam na sua floração.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Apesar de serem encontradas na natureza como rupícolas (em rochas), geralmente o seu cultivo é desenvolvido como epífitas, ou seja, em troncos de árvores.

Nesse caso, você pode amarrá-las em árvores e se certificar de caprichar na rega nos primeiros dias, para que a planta possa se fixar mais rapidamente à árvore.

Mas, você também pode cultivá-la em vasos de plático, cachepots, terracota, ou simplesmente fixá-las em placas.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Tipo de substrato ideal

Já que são cultivadas como epífitas, o correto é você escolher substratos bons para efítitas, ou seja, que possuem uma boa drenagem.

Algumas boas opções de substratos são:

– Casca de Pinus

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

– Carvão Vegetal

Cobrir com pedra brita no fundo do vaso

– Esfagno

– Isopor

Você pode misturá-los e usá-los como substrato para o cultivo da sua plantinha.

Leia Mais: Como Cuidar de Orquídeas Dendrobium Nobile (orquídea olho de boneca)

Iluminação correta

A Dendrobium kingianum necessita de um sombreamento em torno de 50% para que possa ter sua floração ativada.

Se a folha estiver num tom de verde muito escuro, é porque ela está precisando de mais luz para que possa florir.

O ideal é que as folhas estejam num tom avermelhado, se sua orquídea estiver florescendo, quer dizer que você acertou no sombreamento.

Elas são altamente resistente à iluminação, mas para que a floração seja ativada, se atente ao sombreamento correto e ela te agradecerá com flores lindas e em grande quantidade.

Como Regar corretamente e Ativar a Floração

Regue apenas quando o substrato estiver seco e não deixe água acumular no fundo do vaso, isso certamente afetará a saúde das raízes e impedirá a floração da sua orquídea.

Dica de Floração: Diminua as regas da sua orquídea no inverno e no outono, é necessário causar um “estresse” na sua Dendrobium kingianum para ativar a floração da sua plantinha.

Leia Mais: Manual de Como Cuidar de Orquídeas Original [Método Revelado]

Temperatura e Umidades corretas

A temperatura ideal para o bom desenvolvimento da sua orquídea é em torno de 10 a 15°C, principalmente durante à noite.

Não deixe-a em temperatura acima de 35°C, quanto à umidade tente garantir um ambiente em torno de 50%.

Dendrobium kingianum: Adubação correta e Mudas

O ideal é você seguir uma adubação orgânica a cada dois meses, mas você também pode utilizar adubo químico diluído em água a cada 3 a 4 regas.

Para ativar a floração, o ideal é a utilização de um adubo rico em Fósforo.

Os adubos ricos em Nitrogênio favorecem o surgimento de keikis, que são as mudas de orquídeas, mas perceba que se gerar keikis inibem o surgimento de flores.

Logo, alinhe a adubação com o seu objetivo, se você quer flores, use o adubo rico em Fósforo, se você quer mudas, utilize o adubo com mais Nitrogênio.

Em caso de replantio das mudas, faça isso quando o keiki tiver pelo menos três raízes para que a plantinha esteja forte o suficiente para ter um bom desenvolvimento.

Conclusão

Nesse artigo, você aprendeu dicas valiosas de cultivo da Dendrobium kingianum e como ativar a sua floração.

Você pode perceber como o cultivo dessa espécie de orquídea é relativamente fácil.

Siga essas dicas simples, porém muito eficazes, para que sua plantinha floresça e se desenvolva de forma saudável!

Gostaria de aproveitar e te convidar a Seguir o Instagram do Manual de Orquídea. Para isso, Clique Aqui.

Você pode enviar suas dúvidas para nosso Instagram sempre que quiser!

Gostou desse artigo? Compartilhe com os seus amigos nas redes sociais! Basta clicar nos botões abaixo!👇

Rafaela Lucena é Editora do Blog Manual de Orquídea, jardineira, decoradora e redatora apaixonada por Blogs! Email: rafaeladelucena@gmail.com