Desossar coxa e sobrecoxa de frango: Veja em um passo a passo simples e rápido

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

O passo a passo para desossar coxa e sobrecoxa de frango é perfeito. Já que as coxas de frango são baratas e é possível economizar ainda mais comprando-as inteiras com osso e desossando em casa.

Vamos ver as instruções e métodos para a realização dessa tarefa super simples e fácil.

Foto: Reprodução

O processo para desossar coxa e sobrecoxa de frango

Primeiro vamos separar nossas coxas e a sobrecoxas. Será preciso separá-las com o auxílio de uma faca, caso estejam juntas, passando a faca nas junções entre estas partes cortando em volta da carne para separá-las totalmente.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Para localizar as junções entre a coxa e sobrecoxa devemos dobrá-las, então veremos que  o ponto em que é possível dobrar será a localização exata de nossa junção.

No próximo passo iremos colocar a coxa com a pele para a tábua de carne e cortaremos em cima da junção identificada no passo anterior e separaremos as duas partes por completo. Você deverá deslizar a faca até encontrar o ponto correto da junção, caso acerte um osso. O local correto deve ser fácil de cortar.

Além disso, você poderá utilizar qualquer instrumento que ache mais fácil para realizar esse processo, faca afiada ou tesoura de cozinha.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Caso necessite retirar a pele para realizar sua receita, é possível retirar cortando a membrana que fica localizada entre a pele e o músculo, iremos utilizar os dedos para puxar a pele enquanto cortamos a membrana. Você pode retirar a pele antes ou após desossar fica a seu critério.

Agora, cortaremos a carne seguindo o osso, mantendo a região que deveria ter a pele virada para a tábua, realizando cortes profundos para que o osso seja exposto. Porém, não deve atravessar totalmente a carne e acertar a tábua, cortaremos da parte superior até a inferior com bastante cuidado e o mais próximo possível do osso para que não haja desperdício. 

No próximo passo iremos retirar a cartilagem das extremidades dos ossos, removendo a parte mais dura da cartilagem que serve para unir a carne ao osso. Caso essa cartilagem não seja removida, você pode não conseguir separar a carne do osso o suficiente para que a faca passe entre eles.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Agora, passaremos a faca de uma extremidade do osso para outra extremidade, a fim de remover a membrana que mantém o osso preso à carne. Ao utilizarmos uma faca cortamos serrando e com a tesoura podemos cortar diretamente o músculo e as membranas.

Enquanto cortamos, iremos puxar o osso para ir separando-o da carne, repetir esse movimento algumas vezes pode ser necessário até remover o osso completamente.

Vamos verificar agora se existem pequenas concentrações de gordura e poderemos removê-las com o auxílio de uma faca. Esse passo fica mais fácil quando já removemos o osso por completo e teremos a locação das gordurinhas mais fáceis.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Além disso, devemos procurar se existem possíveis fragmentos de osso ou cartilagem na carne. Caso encontre iremos removê-los por completo.

Após esse processo nossa carne estará totalmente desossada e pronta para as suas maravilhosas receitas. 

Dicas após desossar

Uma super dica é desossar uma quantidade maior e embrulhar em papel alumínio e por em uma embalagem própria para freezer ou embalagem a vácuo com lacre, mantendo a uma temperatura menor que -18ºC o produto irá durar por aproximadamente 9 meses.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Além disso, você ainda poderá fazer um belo caldo de frango utilizando os ossos retirados da carne e utilizá-lo em sopas, cremes ou cozidos, não havendo desperdícios.

Lembre-se sempre de realizar a limpeza adequada da taboa, utensílios e das mãos após mexer com carne crua de frango, a fim de evitar contaminação bacteriana em você ou em outros alimentos.

Leia também: Calda de chocolate sem leite condensado: Uma receita fácil e com pouquíssimos ingredientes

Deyvid Manhães é estudante de Sistemas de Informação, formado como técnico em eletrotécnica, apaixonado por tecnologia, pet, entusiasta de culinária e agora redator do Manual de Orquídea. Email: deyvidmanhaes2@gmail.com