Dinheiro-em-penca: saiba como cuidar da planta que atrai prosperidade segundo o Feng Shui

Se você quer decorar sua casa com plantas que atraem boas energias e que são fáceis de cuidar, então, a Dinheiro-em-penca é uma das suas melhores opções.

Isso porque além de linda, essa plantinha que também é conhecida como Tostão e que possui folhas em formatos que parecem pequenas moedas, são de fácil manutenção e são famosas no Feng Shui por suas propriedades de purificação do ambiente em que estão presentes.

Portanto, neste artigo, você vai conhecer as curiosidades acerca dessa verdinha e aprender a cultivá-la de forma simples e eficaz na sua casa.

dinheiro-em-penca
Foto: Reprodução

Conheça os tipos de Dinheiro-em-penca existentes no Brasil

Essa linda plantinha é pertencente à família Commelinaceae e tem sua origem no México, sendo muito encontrada nos países da América Central e América do Sul.

No Brasil, podemos encontrar duas espécies de Dinheiro-em-penca. São elas:

Callisia Repens: que possui uma variação de tons que vão desde o verde claro ao roxo. Essa variação ocorre dependendo da quantidade de luz solar que a sua plantinha recebe.

dinheiro-em-penca
Foto: Reprodução

Pilea Nummulariifolia: ela se assemelha com a Callisia Repens em muitos aspectos. Entretanto, suas folhas são maiores, com a superfície bem aveludada e bordas com serração.

Foto: Reprodução

Propriedades da Dinheiro-em-penca segundo o Feng Shui

A planta Dinheiro-em-penca possui a capacidade de purificação do ar, eliminando gases tóxicos. Por essa razão ela é muito utilizada na decoração de interiores.

E segundo o Feng Shui, essa propriedade purificadora acaba por eliminar energias ruins do ambiente trazendo prosperidade ao ambiente em que ela foi colocada.

Logo, o mais indicado é inseri-la em escritórios e sala de estar a fim de transformar as energias negativas em positivas.

dinheiro-em-penca
Foto: Reprodução

Principais cuidados no cultivo da Dinheiro-em-penca

Cultivar a Dinheiro-em-penca é muito simples. Mas,  é importante se atentar a alguns detalhes para que sua plantinha se desenvolva bem. Por isso, acompanhe as dicas de cultivo a seguir.

Solo

Essa é uma plantinha que não suporta solos encharcados. Por isso, garanta um substrato bem drenável com uma camada de argila expandida e manta bidim no fundo do vaso.

Rega

Para regá-la observe se o solo está completamente seco. Pois, só então você poderá regar a sua plantinha novamente.

Portanto, coloque o dedo no solo para saber se há algum grau de umidade na camada mais interna.

Iluminação

Essa é uma plantinha que gosta de ambiente de meia sombra. Portanto, uma dica bem legal é deixá-la dentro de casa próximo à uma janela, ou em uma varanda bem iluminada.

Além disso, nada de deixá-la por horas em um ambiente com luz solar direta.

Poda

Também, é aconselhável que você proceda com podas de limpeza da planta, retirando folhas e galhos secos. Esse hábito irá estimular o crescimento da sua plantinha.

Mudas

Fazer uma mudinha da sua Dinheiro-em-penca é bem fácil. Para isso, você vai precisar retirar alguns ramos da sua planta e inseri-lo no substrato.

Mas, se possível, procure deixar uma boa quantidade de nós enterrados, pelo menos de 3 a 4.

Além disso, deixe seu vasinho em um ambiente de meia sombra e regue-o com frequência, mas sem deixar o solo encharcado. Em pouco tempo sua plantinha começará a  se desenvolver e você poderá cultivá-la em um vaso maior.

Leia Mais: Aprenda como cuidar de Petúnia: uma planta de flores lindas e de fácil cultivo. Ideal para iniciantes!

Rafaela Lucena
Rafaela Lucena
Rafaela Lucena é Editora do Blog Manual de Orquídea, jardineira, decoradora, entusiasta de culinária e redatora apaixonada por Blogs!

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

SIGA-NOS

8,405SeguidoresSeguir
30SeguidoresSeguir
2,020InscritosInscrever

VEJA MAIS