Petúnia: como cuidar, como fazer mudas e dicas de decoração

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

A petúnia é uma planta indicada para cultivadores que pretendem realizar o paisagismo de ambientes externos, como varandas e jardins.

Além disso, essa planta herbácea é de fácil cultivo e é capaz de alegrar qualquer ambiente graças à diversidade de tonalidade de cores. 

Com isso, nesse artigo do Manual de Orquídea, você vai descobrir como cuidar da Petúnia do jeito correto, além de algumas dicas na decoração.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Características, origem e curiosidades

Antes de mais nada é importante dizer que a flor Petúnia é da família Solanaceae e pertence ao gênero Petunia.

Além disso, essa planta é nativa das florestas tropicais da América do Sul e seu nome  vem do Tupi-Guarani.

E aqui no Brasil essa planta é bastante procurada por cultivadores que pretendem criar arranjos ou compor o paisagismo de jardins e canteiros.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Isso porque essa planta normalmente prefere uma condição de luz direta e por isso ela se desenvolve melhor em ambientes externos.

No entanto, se for cultivada em vasos pendurados, essa planta passa a exibir um crescimento pendente, ornamentando interiores de maneira elegante e charmosa. 

Tipos de petúnia 

Além disso, atualmente existem várias petúnias híbridas com diversas tonalidades de cores, como: 

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
  • Vermelha
  • Roxa
  • Branca
  • Amarela

Como cuidar de Petúnia corretamente

E agora que você descobriu algumas características, curiosidades e tipos de petúnias, veja agora como cuidar corretamente dessa planta herbácea tropical. 

Petúnia gosta de sol ou sombra?

Vale destacar, que a petúnia vai preferir uma condição de sol pleno ou luminosidade direta para se desenvolver corretamente. 

No entanto, ela tolera um ambiente com luz indireta ou meia sombra.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Irrigação

Além do mais, como a petúnia gosta de um substrato ou solo bastante úmido, você poderá regar até três vezes por semana ou até mesmo diariamente no verão.

Substratos

Ainda, o substrato ou o solo deve ser bem drenado e enriquecido com matéria orgânica, podendo ser húmus de minhoca.

E o solo também pode conter uma boa mistura de terra comum e areia. 

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Adubos

Já com relação à adubação, você pode utilizar adubos orgânicos, como farinha de ossos ou resíduos de frutas.

Leia também: Como cuidar de orquídeas no vaso de plástico

Leandro Sinis é biólogo formado pela UFRJ, divulgador científico e agora faz parte da equipe do Blog Manual de Orquídea. Email: leandrocarsi89@gmail.com