7 Plantas Pendentes de Sol Lindas e de Fácil Cultivo para Você Ter em Casa

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Você não tem muito espaço para cultivo de plantas no seu jardim?! Então, que tal apostar nas plantas pendentes de sol para criar um lindo jardim suspenso?!

Além de ser uma excelente opção para quem precisa arranjar um cantinho especial para cultivar as verdinhas, o visual do jardim vertical é incrível! Um dos meus preferidos!

Portanto, se você já curtiu a ideia de criar um jardim suspenso pra lá de estiloso aí na sua casa…

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Então, acompanhe comigo 7 espécies de plantas pendentes de sol lindas e super fáceis de cuidar + dicas especiais para montar um jardim suspenso incrível seja na sua varanda ou quintal.

7 Plantas Pendentes de Sol para Criar um Lindo Jardim Vertical

Antes de mais nada, para cultivar uma planta pendente em um ambiente que receba grande quantidade de luz solar é preciso saber quais espécies se desenvolvem bem nessas condições climáticas.

Então, pensando nisso, selecionei pra você 7 plantas pendentes de sol lindas e super fáceis de cuidar para você montar o seu jardim suspenso.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
Foto: Reprodução

1. Onze Horas

Solo: deve ser cultivada em solo bem drenável. Por isso, a mistura de terra e areia em partes iguais cai muito bem! Além disso, é uma ótima opção para ser cultivada em canteiros.

Luminosidade: sol pleno de pelo menos 4 horas por dia.

Rega: por ser uma suculenta, não exagere na rega! Portanto, irrigue sua plantinha no máximo 2 vezes por semana.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Adubação: adube a onze horas com uma mistura de farinha de ossos e torta de mamona a cada 30 dias.

2. Rabo de Burro

Solo: a linda Rabo de Burro se desenvolve bem em solo bem drenável. Portanto, um substrato pronto para suculentas é o ideal para o plantio dessa menina.

Luminosidade: coloque-a em um ambiente iluminado que receba boa quantidade de luz do sol da manhã. Então, não a deixe fritando no sol de meio-dia!

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Rega: por se tratar de uma suculenta, não exagere na frequência das regas! Logo, regue-a com uma boa quantidade de água a cada 10 dias aproximadamente.

Adubação: uma frequência de adubação mensal com NPK 9-9-9 já é suficiente para manter a plantinha forte e bonita.

3. Petúnia

Solo: o solo ideal para plantio da Petúnia é aquele bem drenável, com mistura de terra, areia e enriquecido com material orgânico.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Luminosidade: ela adora um ambiente bem iluminado. Isso porque a luz irá estimular sua floração. Porém, não a deixe em um ambiente que receba grande quantidade de sol pleno nas horas mais quentes do dia. Então, reserve para ela muita luz e o sol da manhã.

Rega: nos dias de verão, regue-a diariamente. Entretanto, nas demais estações do ano, a rega 3 vezes por semana é o suficiente. O importante é manter seu substrato úmido. Não molhe as folhas e nem as flores!

Adubação: utilize a torta de mamona a cada 30 dias para estimular a floração.

4. Gerânio Pendente

Solo: forneça ao Gerânio Pendente um solo rico em matéria orgânico e bem drenável que ele te presenteará com uma beleza inigualável.

Luminosidade: bastante luz e aquele solzinho mais ameno da manhã são as condições ideais para o cultivo dessa belezinha.

Rega: regas diárias pela manhã, pois o solo deve estar bem seco no fim da tarde. Assim como as petúnias, não molhe flores nem folhas.

Adubação: utilize o NPK 4-14-8 a cada 30 dias.

5. Calibrachoa

Solo: seu solo deve ser bem drenável e rico em matéria orgânica para que a linda Calibrachoa se desenvolva bem.

Luminosidade: sol pleno e meia sombra são as condições ideais para cultivo dessa delicada planta.

Rega: em períodos mais quentes a rega deve acontecer 4 vezes por semana. Entretanto, nos dias mais frios diminua para no máximo 2 vezes semanais.

Adubação: utilize adubos orgânicos para estimular o desenvolvimento dessa lindeza.

6. Lobélia-Azul

Solo: o solo deve ser enriquecido com matéria orgânica e bem drenável.

Luminosidade: a lobélia-azul deve ser cultivada em ambientes de sol pleno.

Rega: faça a irrigação sempre que o substrato estiver seco.

Adubação: os adubos orgânicos são os preferidos da linda lobélia-azul.

Cuidado: a lobélia-azul é tóxica! Então, mantenha longe do alcance de crianças e pets.

7. Batata Doce Ornamental

Solo: a batata doce ornamental tem preferência por solo bem drenável e rico em matéria orgânica.

Luminosidade: a folhagem dessa planta fica super bonita, brilhante e de cor escura quando cultivada em ambiente de sol pleno.

Rega: mantenha o substrato úmido, porém não encharcado para não apodrecer as raízes.

Adubação: adubos orgânicos são os preferidos dessa linda plantinha.

Dicas Decorativas Especiais para Montar seu Jardim Suspenso

Agora que você já sabe quais verdinhas são mais usadas em jardins suspensos e como cuidar de cada uma delas, é hora de se inspirar com algumas ideias criativas para deixar o seu cantinho verde com uma decoração super charmosa! Vamos lá?!

Foto: Reprodução

Variedade de Vasos: Experimente combinar diferentes estilos, cores e tamanhos de vasos para criar um visual dinâmico e interessante. Vasos de terracota, cerâmica, metal ou até mesmo cestas suspensas adicionam textura e personalidade ao seu jardim vertical.

Camadas de Altura: Crie uma sensação de profundidade e dimensão em seu jardim suspenso posicionando os vasos em diferentes alturas. Utilize suportes de parede, prateleiras ou estruturas escalonadas para criar níveis visuais e destacar cada planta individualmente.

Plantas Cascantes e Pendentes: Integre plantas que apresentam um crescimento cascante ou pendente, como a hera, a flor-de-maio, ou a aspargos-pendentes. Essas plantas adicionam movimento e fluidez ao seu jardim, criando uma atmosfera serena e relaxante.

Elementos Decorativos: Adicione toques decorativos como pequenas estátuas, lanternas, sinos de vento ou peças de arte ao seu jardim suspenso para personalizar o espaço e refletir sua própria estética. Esses elementos ajudam a criar um ambiente único e convidativo.

Iluminação Adequada: Considere a iluminação ao redor do seu jardim suspenso para destacar suas plantas durante o dia e criar um ambiente acolhedor à noite. Use luzes LED embutidas nos suportes ou lanternas solares penduradas nas proximidades para realçar a beleza das suas plantas mesmo após o pôr do sol.

Manutenção e Cuidados Visíveis: Mantenha seus utensílios de jardinagem à mão e exiba-os de forma organizada próximo ao seu jardim suspenso. Isso não só facilita os cuidados com as plantas, mas também dá toque de charme rústico ao seu espaço ao ar livre.

Toque Final com Acessórios: Insira almofadas confortáveis em móveis de exterior, tapetes macios ou até mesmo uma pequena fonte de água próxima ao seu jardim suspenso para criar um ambiente relaxante e convidativo. Aproveite para incluir móveis de vime ou madeira para tornar seu ambiente natural e acolhedor.

Com essas dicas decorativas, seu jardim suspenso não será apenas um espaço de cultivo de plantas, mas também um cantinho que reflete sua personalidade e estilo de vida.

Curtiu essas dicas de 7 Plantas Pendentes de Sol que o Manual de Orquídea te trouxe? Então, compartilhe-a com seus amigos nas suas redes sociais favoritas.

Leia Mais: 10 Tipos de Flores Lindas e Fáceis de Cuidar para Decorar o Jardim e o Interior da sua Casa

Conheça a mente criativa por trás do Blog Manual de Orquídea: Rafaela Lucena. Além de sua dedicação como editora, Rafaela é uma talentosa jardineira, habilidosa decoradora e uma redatora apaixonada por explorar os vastos horizontes dos blogs. Sua paixão e expertise se refletem em cada artigo e projeto que compartilha. Para contatá-la, envie um email para: rafaeladelucena@gmail.com.