10 Tipos de Flores Lindas e Fáceis de Cuidar para Decorar o Jardim e o Interior da sua Casa

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Se você está à procura de alguns tipos de flores bonitas e fáceis de cuidar para utilizar na decoração da sua casa ou jardim…

Então, pode ficar tranquila! Pois, no artigo de hoje vou te dar dicas de espécies florais lindas e de fácil manutenção.

Ou seja, com as dicas que você vai encontrar aqui irá conseguir manter a beleza das espécies escolhidas e cultivar essas lindas flores sem grandes dificuldades.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Porém, uma dica importante não só para o cultivo dessas flores que iremos abordar neste artigo, mas também para outros diversos tipos de plantas, é se atentar às seguintes condições de clima e cultivo:

  • Solo;
  • Luminosidade;
  • Rega;
  • Adubação.

Portanto, irei destrinchar cada um desses componentes no cultivo dos tipos de flores a seguir.

10 Tipos de Flores Fáceis de Cuidar para você ter no seu Jardim e no Interior da sua Casa

Confira agora uma seleção especial de flores lindas para usar na decoração do seu jardim e no interior da sua casa.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

1. Astromélia

Fonte: Reprodução/Pinterest

Solo: a linda Astromélia necessita de solo com boa drenagem e ligeiramente ácido.

Luminosidade: sol pleno da manhã e do final da tarde é o que essa linda plantinha necessita para uma boa florada.

Rega: a rega deva ser feita apenas quando o solo estiver seco. Porém, não exagere na quantidade de água, pois a Astromélia não irá se desenvolver bem em solo encharcado.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Adubação: o NPK 4-14-8 pode ser utilizado mensalmente para floração.

Floração: acontece no verão e na primavera.

2. Antúrio

Fonte: Reprodução/Pinterest

Solo: o plantio deve ser feito em solo rico em matéria orgânica.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Luminosidade: o Antúrio se desenvolve bem em ambientes de meia sombra. Portanto, o sol pleno deve ser evitado pois queimará a sua plantinha.

Rega: em períodos de grande calor, regue seu Antúrio 3 vezes por semana. Porém, em períodos mais frios regue no máximo na frequência de 2 vezes por semana.

Adubação: o melhor adubo para o Antúrio é o orgânico composto de restos de plantas e esterco.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Floração: durante todo o ano. Mas, na primavera e no inverno acontece com maior intensidade.

3. Azaléia

Fonte: Reprodução/Pinterest

Solo: a delicada Azaléia necessita de um solo composto de uma mistura de terra de jardim com terra vegetal para que tenha um bom desenvolvimento.

Luminosidade: necessitam de exposição ao sol pleno e florescem bem em ambientes frios. Por isso, sua floração se dá principalmente na primavera e no inverno.

Rega: verifique o solo, se estiver seco poderá irrigar sua plantinha. Só volte a regá-la novamente quando estiver bem sequinho! Normalmente, a rega gira entorno de 2 a 3 vezes por semana.

Adubação: utilize a torta de mamona para adubar a sua plantinha a cada 30 dias.

Floração: acontece no inverno e na primavera.

4. Begônia

Fonte: Reprodução/Pinterest

Solo: o cultivo deve ser em solo rico em matéria orgânica para que a Begônia possa se desenvolver bem.

Luminosidade: a plantinha curte uma meia sombra. Então, garanta um local bem iluminado, mas sem exposição solar diretamente sobre a planta por muitas horas do dia.

Rega: a irrigação deve ocorrer num intervalo aproximado de 4 dias. Só volte a regá-la quando o solo estiver completamente seco.

Adubação: a cada 30 dias adube a sua plantinha com NPK 20-20-20.

Floração: a Begônia nos presenteia com sua linda floração durante o ano todo!

5. Beijo

Fonte: Reprodução/Pinterest

Solo: para a Beijo crescer com muita força é preciso cultivá-la em solo com boa drenagem e enriquecido com matéria orgânica.

Luminosidade: meia sombra é a condição de luminosidade ideal para essa belezinha.

Rega: preze pela irrigação diária com quantidade suficiente para manter o solo úmido, mas não encharcado.

Adubação: adube essa lindeza trimestralmente com NPK 4-14-8.

Floração: a Beijo produz belas flores o ano inteiro.

6. Bonina

Fonte: Reprodução/Pinterest

Solo: a linda Bonina deve ser cultivada em solo com boa drenagem e enriquecido com matéria orgânica.

Luminosidade: a plantinha adora se desenvolver em sol pleno.

Rega: sempre mantenha o substrato da Bonina úmido. Portanto, você poderá regá-la durante a manhã e a tarde com a saída de chuveirinho do seu regador.

Adubação: o uso do NPK 4-14-8 é bem aceito pela Bonina. No entanto, você também pode fazer uso de adubos orgânicos.

Floração: floresce durante todo o ano, mas na primavera e verão a floração se intensifica.

7. Brinco de Princesa

Fonte: Reprodução/Pinterest

Solo: adicione húmus e material orgânico ao solo da exótica Brinco de Princesa.

Luminosidade: a plantinha se desenvolve bem em ambientes de sol pleno e meia sombra.

Rega: faça a rega diária da planta, mantendo o substrato levemente úmido, mas sem encharcar.

Adubação: a Brinco de Princesa pode ser adubada com material orgânico a cada 30 dias.

Floração: quando bem estimulada pode apresentar florada o ano inteiro. Mas, é no verão e na primavera que essa lindeza floresce com força máxima.

8. Calla

Fonte: Reprodução/Pinterest

Solo: a linda Calla se desenvolve bem em solos mais fofos, que tem a capacidade de reter uma parte da água da rega. Mas, cuidado para não causar encharcamento e apodrecer as raízes!

Luminosidade: essa plantinha se desenvolve muito bem em ambiente de meia sombra.

Rega: regue-a no máximo 2 vezes por semana.

Adubação: utilize adubos ricos em fósforo e potássio. Então, nesse caso, os adubos ideais são o Bokashi e a farinha de ossos.

Floração: sua florada acontece na primavera e no verão.

9. Calibrachoa

Fonte: Reprodução/Pinterest

Solo: a delicada Calibrachoa deve ser cultivada em solo com bom sistema de drenagem e rico em matéria orgânica.

Luminosidade: a belezinha se desenvolve bem em ambiente de sol pleno.

Rega: em dias quentes, regue a plantinha cerca de 4 vezes por semana. Entretanto, nos dias frios diminua o intervalo para cerca de 2 vezes por semana.

Adubação: adubos orgânicos são os preferidos da Calibrachoa.

Floração: a florada da Calibrachoa acontece na primavera e no verão.

10. Crisântemo

Fonte: Reprodução/Pinterest

Solo: acrescente matéria orgânica no solo de cultivo da Crisântemo.

Luminosidade: a plantinha cresce bem em ambiente de sol pleno.

Rega: regue a sua planta cerca de 3 vezes por semana.

Adubação: adubação orgânica a cada 30 dias fortalecerá o corpo da sua plantinha.

Floração: a florada acontece durante todo o ano, mas apresenta maior intensidade na primavera e no verão.

Como utilizar diversos Tipos de Flores na Decoração da sua Casa ou Área Externa?

Então, agora que você já aprendeu a cultivar corretamente essas lindas espécies florais, vamos conferir algumas inspirações de decoração de jardins e interiores para você replicar ai na sua casa.

Jardim Suspenso de Flores

Fonte: Reprodução/Pinterest

Flores em Garrafas Pet

Fonte: Reprodução/Pinterest

Canteiros de Flores

Fonte: Reprodução/Pinterest

Arranjos de Flores

Fonte: Reprodução/Pinterest

Floreiras na Parede

Fonte: Reprodução/Pinterest

Portanto, se você Curtiu estes 10 Tipos de Flores Incríveis para usar na decoração do seu jardim… Então, compartilhe-os com seus amigos nas suas redes sociais favoritas.

Leia Mais: 10 Tipos de Suculentas Pendentes + Dicas Incríveis para Montar um Jardim Suspenso de Arrasar

Rafaela Lucena é Editora do Blog Manual de Orquídea, jardineira, decoradora e redatora apaixonada por Blogs! Email: rafaeladelucena@gmail.com