5 tipos de Vasos para Plantas e quando usar

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Se você tem dúvida na hora de escolher os tipos de vasos para plantas, então você está no lugar certo! 

Além disso, neste artigo você vai descobrir quais os tipos de vasos que você pode usar para cultivar a sua planta e quando usar.

Isso porque a escolha do vaso correto não é só uma questão de aparência ou estética, mas na verdade diz mais sobre as necessidades da planta que vai viver nesse tipo de material.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Assim, neste post do Manual de Orquídea, vamos te mostrar quais os tipos de vasos para plantas e quando usar esses materiais de acordo com o tipo de vegetal que você tem.

Tipos de vasos para plantas

E agora vamos te apresentar os 5 tipos de vasos para plantas mais comuns e vamos te mostrar quais são as características de cada um deles.

Vasos de barro para plantas

Primeiro exemplo é o vaso de barro para plantas que tem como característica mais marcante a porosidade.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Assim, isso quer dizer que ele apresenta furos ou poros microscópicos que permitem a transpiração ou a passagem de água para o meio exterior.

Dessa maneira, na prática, o substrato tende a secar mais rápido, o que é ideal para plantas que não gostam do solo encharcado, como por exemplo, as orquídeas e avencas.

Vasos de cerâmica para plantas

Além disso, outro tipo de vaso utilizado comumente é o vaso de cerâmica que ao contrário do vaso de barro não vai ter poros microscópicos por causa do esmalte, que acaba fechando esses pequenos buracos.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Desse jeito, esse tipo de material não vai transpirar, deixando o substrato mais úmido.

Vasos de plástico para plantas

Os vasos de plástico para plantas  costumam ser mais vantajosos quanto ao peso, visto que são bem mais leves do que os vasos de cimento, cerâmica e de barro.

Além disso, esse vaso é ideal para plantas que gostam do substrato mais úmido.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Isso porque esses vasos são totalmente vedados, não permitindo a passagem de água para o meio exterior.

Vasos de porcelana para plantas

Já os vasos de porcelana para plantas são aqueles feitos com o mesmo material dos pratos e xícaras.

Assim, esse tipo de vaso é tão vedado quanto os vasos de cerâmica e de plástico, não permitindo a passagem de água.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Desse jeito, esse vaso é capaz de reter melhor a água, ideal para plantas que gostam do solo um pouco mais úmido.

Vasos de cimento para plantas

E por fim, o nosso último exemplo é o vaso de cimento para plantas, que assim como os vasos de barro, apresentam poros microscópicos.

Desse jeito, esse tipo de material transpira, deixando passar a água para o ambiente ao redor.

Assim, tanto o vaso de cimento quanto o vaso de barro deixam o substrato mais seco.

Com isso, esses vasos podem ser utilizados no cultivo de cactos ou suculentas.

Visto que essas plantas são capazes de armazenar água em seus carros ou folhas, não necessitando de um solo úmido.

Leia também: Vasos para jardim: 11 ideias lindas para decorar seu cantinho verde

Leandro Sinis é biólogo formado pela UFRJ, divulgador científico e agora faz parte da equipe do Blog Manual de Orquídea. Email: leandrocarsi89@gmail.com