Nesse artigo, eu vou mostrar a você como cuidar de orquídea Cattleya através de 7 estratégias especiais. 

Basta você aplicar direitinho essas dicas que eu vou te dar agora, que com certeza, a sua orquídea vai ficar saudável e com flores lindas.

As orquídeas do gênero Cattleya apresentam cerca de 130 espécies e podem ser encontradas por toda a América Latina, desde o México até a Argentina.

Elas são de fácil cultivo e encantam orquidófilos do mundo todo com suas flores lindas. Existem milhares de espécies híbridas e várias exposições são exclusivas para seu gênero, Cattleya.

Exposição de orquídeas Cattleya

A maioria gosta de viver sobre árvores, ou seja, são epífitas. Existem espécies vivendo em locais úmidos das florestas tropicais e outras capazes de se adaptar a locais secos.

As orquídeas Cattleyas são parentes das Laelias e Sophronitis.

Vem comigo, que eu vou te mostrar as principais características dessa linda orquídea.

Orquídea Cattleya: principais Características

Orquídea Cattleya principais características

As orquídeas Cattleya são epífitas e, por isso, gostam de viver sobre árvores. Elas formam dois grupos principais:

  • Unifoliadas;
  • Bifoliadas.

As Unifoliadas possuem apenas uma folha por bulbo. Enquanto as Bifoliadas apresentam duas folhas por bulbo.

Essas orquídeas possuem folhas coriáceas, que são mais resistentes a desidratação. As flores podem chegar até 10 cm de diâmetro.

As flores nascem do alto, protegidas pela espata, que é uma bráctea. Bráctea é uma folha modificada com a função de proteger as flores.

O labelo é muito lindo e colorido. Geralmente apresenta cores diferentes dos outros segmentos florais (pétalas e sépalas).

Agora, vou te mostrar de maneira simples o que você precisa fazer para saber de uma vez por todas como cuidar de orquídea Cattleya. Vem!

Como cuidar de orquídea Cattleya

Como cuidar de orquídea cattleya

Para cultivar orquídea Cattleya corretamente você precisa tomar cuidado com os fatores climáticos.

Você precisa saber que essas orquídeas gostam de:

  • Iluminação indireta;
  • Sombra média;
  • Umidade de 50%;
  • Boa ventilação.

Na natureza elas se encontram sobre árvores, então como cuidar de orquídea Cattleya da melhor forma? O melhor jeito é fornecer as condições de cultivo adequadas. Portanto:

  • Cultive essas orquídeas sobre árvores;
  • Ou em vasos com substratos corretos para orquídeas epífitas;
  • Garanta uma temperatura média.

Leia Mais: Como Cuidar de Orquídeas: Curiosidades e Dicas de Cultivo

Não se preocupe! Nós aqui do Manual de Orquídea, separamos 7 estratégias poderosas para você cuidar corretamente dessas orquídeas. Veja Agora a primeira delas!

1. Temperatura Ideal

Temperatura ideal

As orquídeas do gênero Cattleya gostam de temperaturas médias. Então você precisa garantir uma temperatura:

  • Durante a noite: 15 ºC .
  • Durante o dia: 25º C a 30º C.

Assegurar que a sua Cattleya receba a temperatura adequada para ela vai ajudá-la a:

  • Ter uma florada saudável;
  • Ter resistência a infecção por microorganismos;
  • Ter um crescimento e desenvolvimento saudável.

Orquídeas Cattleya podem suportar até 35ºC. Porém é recomendável não ultrapassar os 30 graus Celsius.

Caso a temperatura ultrapasse os 30ºC, você pode levar a sua orquídea para dentro de casa e ligar um umidificador de ar para aumentar a umidade do ambiente.

Ou ainda, você pode ligar um ventilador para proporcionar uma maior circulação de ar e refrescar sua orquídea.

A temperatura é um fator que também influencia diretamente a floração da sua orquídea. Para isso, garanta uma queda de temperatura de cerca de 10 graus Celsius para estimular a floração da sua Cattleya.

2. Luminosidade

luminosidade

Para sabermos a luminosidade adequada para as orquídeas Cattleya, precisamos lembrar que essas orquídeas na natureza se encontram:

  • Sobre galhos de árvores;
  • Debaixo de um dossel das folhas das árvores;
  • Recebendo luz filtrada.

Então o ideal é cultivar essas orquídeas sobre árvores, onde elas estarão protegidas de uma luminosidade mais direta. Além disso, a orquídea estará mais exposta a um ambiente mais ventilado.

Caso prefira cuidar de Cattleya dentro de casa, você pode colocá-la próximo a uma janela para receber luz filtrada, ou seja, luz indireta. Assim, ela vai te retribuir com lindas flores.  

Coloque sua Cattleya em vasos de barro ou de plástico com substrato adequado para essas orquídeas.

Inclusive, substrato é a terceira estratégia que eu quero te mostrar. Veja!

3. Substrato adequado para Cattleya

substrato adequado para cattleya

As orquídeas Cattleya precisam de substrato que a segure bem e que permita uma boa circulação de ar entre suas raízes.

Separei aqui 4 substratos certos para orquídeas Cattleya:

  • Casca de Pinus: Ideal para essas orquídeas epífitas porque deixa a planta bem firme.
  • Pedra Brita: Brita lava e esterilizada é importante para a drenagem de sua orquídea.
  • Cubos de Coco: Ideal para orquídeas epífitas, pode ser usado junto com a casca de pinus.
  • Musgo Sphagnum: Usar uma pequena quantidade desse musgo é bom porque fornece umidade para sua orquídea.

Atenção: O substrato não pode cobrir o rizoma da Cattleya. Isso pode causar a morte da sua orquídea.

O rizoma é uma região do caule que conecta os pseudobulbos e dele, também, surgem as raízes.

Tanto os pseudobulbos quanto os rizomas armazenam água e nutrientes para sua orquídea. Então não enterre Rizomas porque isso é prejudicial para a orquídea. O substrato deve cobrir somente as raízes.

Quando o substrato estiver velho, você precisará trocá-lo. Substratos velhos podem reter umidade em excesso e isso é problema para sua orquídea.

E umidade é a estratégia de cultivo número 4. Vem comigo!

4. Qual é a umidade ideal para orquídea Cattleya?

umidade ideal para orquídea cattleya

As orquídeas do gênero Cattleya apresentam pseudobulbos, que são regiões com a função de armazenar água para a orquídea.

Porque estou dizendo isso? Porque isso nos mostra que essa orquídea já é capaz de armazenar umidade.

Essas orquídeas gostam de umidade de 50%. Nos dias muito quentes, acima de 30 graus Celsius, coloque um prato com cascalho molhado próxima da orquídea.

Além disso, deixe-a sempre em um local ventilado nos dias de mais calor.

Lembre-se: só coloque um prato com cascalho molhado se o dia estiver quente, com temperatura superando os 30ºC.

Umidade em excesso pode apodrecer o substrato e facilitar a proliferação de fungos que podem causar prejuízos a sua orquídea.

5. Como regar sua Cattleya

Como regar sua cattleya

Como eu disse anteriormente, as Cattleyas apresentam pseudobulbos que são ótimos para armazenar água para essa orquídea.

Desse jeito, você deve regar a sua orquídea Cattleya seguindo esses 3 passos:

  • 1 vez por semana em épocas mais frias;
  • 2 vezes por semana em épocas mais quentes;
  • Ao molhar o substrato, deixar água escorrer bem para não acumular água.

Do mesmo jeito que é feito com as orquídeas phalaenopsis, regue sua Cattleya durante a manhã.

As orquídeas não podem ficar molhadas durante a noite porque podem ficar doentes. E a principal doença nesse caso é a podridão negra.

6. Adubação

Adubação

Em seu ambiente natural, no meio de florestas tropicais densas, as orquídeas Cattleya vivem sobre árvores e retiram seus nutrientes de folhas (do dossel de árvores) que caem sobre suas raízes.

Mas fora de seu ambiente natural você pode adubar com adubos inorgânicos ou orgânicos. Sendo, para esse tipo de orquídea, recomendado usar adubos inorgânicos, o famoso NPK.

Nós aqui do Manual de Orquídea já fizemos um artigo sobre adubos! Vou deixar aqui caso você se interesse!

Leia Mais: Adubos para Orquídeas: Importância e Tipos [2021]

O NPK é uma formulação com Nitrogênio, Fósforo e Potássio. Elementos químicos essenciais para a planta crescer de forma saudável.

Você acha facilmente em qualquer casa de jardinagem ou supermercados. As concentrações de NPK e informações de como aplicar você encontra na embalagem do fabricante.

Porém, basicamente as orquídeas Cattleya precisam ser adubadas:

  • Com NPK 30-10-10 se forem jovens ou se estiverem em floração;
  • Com NPK 20-20-20 se forem plantas adultas sem floração.

As orquídeas Cattleya devem ser adubadas:

  • A cada 15 dias;
  • Bem no começo do dia, no início da manhã.

Cuidado para não borrifar o NPK nas folhas ou flores, se isso acontecer pode queimá-las. Principalmente se as folhas e flores estiverem recebendo sol, aí será uma combinação terrível para sua orquídea.

Leia Mais: Orquídea Tigre: Como Cultivar, Curiosidades e Fotos [2021]

7. Como Plantar e Replantar Cattleya

como plantar e replantar cattleya

Para plantar orquídea Cattleya você deve saber o local ideal e substratos corretos. Os locais recomendados são:

  • Cachepots;
  • Vasos de barro com furos;
  • Tronco ou galho de árvore.

Os tipos de substratos corretos para Cattleya eu já separei antes aqui no artigo. Mas digo de novo, você pode misturar pedra brita, casca de pinus e fibra de coco. 

E também é recomendado colocar musgo sphagnum para reter a umidade. Eu vou deixar um vídeo aqui abaixo, que explica o passo a passo de como plantar orquídea Cattleya.

Atenção: você não pode cobrir o rizoma da sua Cattleya, apenas insira as raízes no substrato. A orquídea deve ser fixada e não plantada.

O replantio ocorre quando:

  • O substrato está velho demais, a cada 2 anos;
  • A orquídea está grande para o atual vaso, dessa foram ela não tem espaço para crescer;
  • Você desejar fazer uma muda, para isso, verifique se a sua orquídea tem pelo menos 6 folhas para dividir 3 folhas para cada vaso;
  • O Vaso está quebrado.

Eu separei aqui um vídeo que vai te ensinar a fazer o replantio da sua orquídea cattleya.

Sempre que você for plantar ou replantar a sua Cattleya, lembre-se de colocá-la em um local bem ventilado e jamais você deve expor sua orquídea a uma iluminação direta.

Pragas e Doenças comuns em Cattleya

Pragas e doenças comuns em cattleya

Para você saber como cuidar de orquídea Cattleya é importante dominar essas 7 estratégias que eu te mostrei aqui no artigo.

Porém é bom você ter atenção, também, com as possíveis pragas ou doenças que podem afetar essas orquídeas.

Os principais tipos de pragas que atingem Cattleyas são:

  • Lesmas;
  • Caracóis;
  • Pulgões;
  • Cochonilhas;
  • Percevejos;
  • Lagartas;
  • Gafanhotos.

A doença mais comum em Cattleya é a podridão negra que pode ser causada pelo fungo Pythium ultimum ou pela bactéria Xanthomonas campestris.

Leia Mais: Cochonilhas em Orquídeas: Prevenção e Combate

Eu vou deixar aqui abaixo um vídeo que explica como combater pragas nas orquídeas de forma geral.

Quanto tempo demora para a orquídea Cattleya dar flor?

Quanto tempo demora para a orquídea Cattleya dar flor

As flores das orquídeas Cattleya apresentam uma beleza realmente especial e por isso encantam pessoas e cultivadores do mundo inteiro.

Essas orquídeas apresentam flores de cores variadas:

  • Branca;
  • Rosa claro;
  • Rosa escuro;
  • Laranja;
  • Amarelo;
  • Entre outras combinações.

A grande variedade de cores resulta da quantidade enorme de híbridos dessa flor. Existem muitos híbridos naturais e artificiais.

Entre a fase jovem e adulta, as orquídeas Cattleya levam de 3 a 4 anos para florescerem. Depois disso, já adultas, essas orquídeas costumam florescer 1 vez ao ano.

Veja abaixo um vídeo muito bacana que fala sobre o tempo que uma orquídea demora para florir. O vídeo fala sobre o tempo de florescimento de várias orquídeas, inclusive Cattleya.

Conclusão

Agora que te mostrei como cuidar de orquídea Cattleya.

Espero que você aproveite tudo que aprendeu aqui e tenha orquídeas Cattleyas maravilhosas!

Você pode enviar fotos das suas Cattleyas para o nosso Instagram (@manual_de_orquidea) para eu ver como elas ficaram.

Se esse artigo ajudou você… Você pode compartilhar ele nas suas Redes Sociais.

É só Clicar nos Botões Aqui Abaixo.👇

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

3 Comentários

  1. Pedro disse:

    Nossa! Que legal o seu conteúdo! Me ajudou muito. Parabéns!

  2. Flávia disse:

    Adorei o artigo e blog. Vou acompanhar as dicas! Eu amo orquídeas! Eu tenho uma Vanda, Cattleya e uma Phal. Parabéns pelo blog!

  3. Rogéria disse:

    Oi eu tenho uma Orquídea Cattleya e adorei suas dicas! Vou acompanhar seu blog! Adorei!